sábado, 30 de junho de 2012

Portable Ridge Racer Unbounded PT-BR [ULTRA EXCLUSIVO]

Há tempos que "Ridge Racer" não agrada ao público ocidental. O jogo, que pouco se atualizou ao longo dos anos, geralmente se aproveitava dos novos hardwares de consoles recém-lançados para ressurgir nas lojas, mas sempre com pouco brilho ou interesse dos jogadores.

Visando uma reestruturação na série, a Namco convocou a Bugbear para transformá-la ao gosto ocidental, imaginando que carros em estilo muscle, trechos urbanos inspirados na arquitetura de Nova York e destruição de cenários fossem suficientes para dar uma nova cara e emplacar novos fãs.

Como novidade, há um complexo modo de criação de pistas e compartilhamento das mesmas através de uma comunidade de jogadores, além de corridas online.

Pontos Positivos

Cenários detalhados
O ponto positivo de "Unbounded" é, sem dúvida, a grande quantidade de detalhes destrutíveis do cenário. As ruas e avenidas de Shatter Bay contam com diversos pontos para detonar, como postes, muros, pilares e até construções mais rígidas, que podem abrir atalhos originalmente não acessíveis.

Editor de pistas
Conforme 'prometido' pela Namco nos trailers de divulgação, "Unbounded" oferece realmente um sistema de edição de pistas muito completo, com direito a comandos simples e outros avançados. Enquanto no simples você simplesmente monta o trajeto em trechos já prontos, no avançado é possível incluir decoração, rampas e obstáculos, deixando o circuito até mais interessante do que os oferecidos no jogo. O único 'porém' e que deve ser citado, é que os comandos mais complexos são muitas vezes confusos e exigem um bom tempo para entendê-los.

Pontos Negativos

Genérico e sem graça
Se por um lado a ideia de mudar as paisagens já manjadas e tipicamente nipônicas de "Ridge City" poderia representar uma novidade, tudo foi por água abaixo graças a praticamente nula criatividade de Shatter Bay.

Para começar, o visual em tons pastéis do gráfico lembra -e muito - o estilo utilizado em "Split/Second". Além disso, a própria cidade é um misto repetitivo de áreas industriais e arranha-céus que causam uma grande semelhança com outros games de corrida, como "Motorstorm Apocalypse" e até Paradise City, de Burnout Paradise.

Faltaram mais opções de natureza, como cachoeiras, montanhas, praias e até monumentos mais inspirados. No final, passa-se a impressão de que Shatter Bay não tem brilho próprio, muito menos vida, já que apenas os carros passam por ela.

O maior exemplo da falta de inspiração dos cenários está no próprio editor de pistas, que deveria - ao menos na teoria - apresentar coisas diferentes das que já constam no jogo. O problema, é que apesar dos trajetos serem diferentes, tudo o que não tem graça nos cenários do modo solo é replicado nessas pistas projetadas pelos jogadores.

Há por exemplo, uma "Ridge City", cuja intenção do fã era recriar a pista do primeiro jogo. Só que a repetição de prédios, banners e fábricas em nada lembram esse belo e paradisíaco cenário tropical, limitando a criatividade dos interessados em fazer algo diferente.

Derrapagens frustrantes
Assim como nos demais jogos da série, "Unbounded" exige que o jogador faça drifts (derrapadas) para acumular níveis da barra de nitro e atingir a velocidade máxima dos veículos.

O problema, é que a própria mecânica, que funcionava tão bem com apenas um botão, foi modificada para exigir o acionamento do botão de freio de mão. No entanto, A ideia, que a principio, não atrapalharia, se tornou o maior inimigo do jogo, já que tornou tudo mais complexo ao se basear em quanto tempo o jogador pressiona o botão.

Além disso, "Ridge Racer" sempre foi equilibrado nesse aspecto, com carros geralmente nivelados para usarem bem essa manobra em pistas sinuosas e concebidas para esse fim.

Em "Unbounded", infelizmente, oferece uma física confusa dos veículos, em carros grandes e pesados podem derrapar tanto - ou até mais que outros mais leves. Desses, alguns são impossíveis de se controlar e as pistas com longas retas e trechos estreitos em excesso também não colaboram para tornar essa tarefa mais divertida.

Destruição gratuita
Assim como o drift, "Unbounded" também exige que o jogador destrua partes do cenário e os próprios carros do adversário para acumular nitro.

O resultado disso é que o jogo perde o foco na corrida e se transforma em uma verdadeira guerra, onde nem sempre o piloto mais veloz é contemplado com a vitória, mas o que teve mais sorte de não ser acertado por algum Dick Vigarista ou pedaço do cenário que se destrói.

Ok, sabemos que essa ideia já foi muito bem explorada em "Burnout Paradise" e "Flatout", mas "Unbounded" simplesmente não oferece nada novo para incentivar ou convencer o jogador a dar-lhe uma chance e tentar - mais uma vez - jogar o mesmo tipo de jogo.

Para piorar, essa busca incessante de destruição faz com que a mecânica fique maçante, repetitiva, e em poucas horas cansa o jogador. Além disso, a dificuldade do jogo é alta, e muitas vezes um único erro ou falta de sorte pode obrigá-lo a recomeçar a prova desde o início, pois o pelotão da frente já estará muito distante.

Ningém para jogar online
Até os modos de disputa online parecem não interessar aos jogadores. Em nossos testes com o jogo no PC, sequer conseguimos jogar uma única prova contra outros jogadores, pois a sala jamais conseguia fechar um número suficiente para iniciar uma corrida.

Nos consoles, até pode haver uma procura maior, mas a falta de interesse dos jogadores de PC ainda no lançamento do jogo já serve como alerta que esse modo pode não oferecer muita longevidade ao game.

Requisitos Mínimos:
Processador: Intel Pentium Dual Core / AMD Athlon x2
Velocidade do processador: 2 núcleos de 2.6 GHz
Memória RAM: 2 GB
Memória de vídeo: 512 MB
Chipset de vídeo: NVIDIA 8800 GT / ATI HD 4850
Direct3D: Sim
Versão do DirectX: 9.0c
Sistemas Operacionas: Windows XP, Windows Vista, Windows 7
Espaço: 3.3 GB livres em disco!

 
Portable Ridge Racer Unbounded PT-BR:
Parte 1: Download [2 GB]
Parte 2: Download [1.2 GB]
"BAIXOU?GOSTOU?ENTÃO COMENTA,NÃO CUSTA NADA!"

Imagens do Jogo:

Obs: TraduçãoTribo Gamer
Game compativel com o Windows 7.Para realizar o download no 4shared,basta criar uma conta no mesmo.Uma vez logado na conta sera possivel efetuar o download do game sem problemas. Caso o game nao execute de 1ª no W7,clique no link abaixo e confira a dica para executar o portable!
Dicas para os portables!

10 comentários :

  1. imagens do jogo erradas!!!

    ResponderExcluir
  2. Imagens corrigidas,vlw por alertar!

    ResponderExcluir
  3. Cada vez fko + impressionado com a qualidade dos jogos que estão sendo portabilizados e a dedicação de upar um a cada vez.

    Parabéns, mais uma vez ao blog!

    ResponderExcluir
  4. ADM AMIGÃO QUANDO PODER DAR UMA OLHADA NOS LINKS ELES ESTÃO COM A PAGINA DO 4SHARED EM BRANCO É JOGÃO JUNTO COM A QUALIDADE DO G P B IMPRESSIONA MESMO OBRIGADO DESDE JÁ

    ResponderExcluir
  5. por favor GPB reupa esse jogo!

    ResponderExcluir
  6. por favor GPB arruma o link ta off

    ResponderExcluir
  7. link's off pena gosto do jogo L3on se poder reupar agradeço abrigado

    ResponderExcluir
  8. Links OFF Arruma Ae Por Favor Queria Muito ESSE Jogo De Pudar Reupar Agradeço Muito Vlw

    ResponderExcluir