domingo, 21 de fevereiro de 2016

Portable GUILTY GEAR Xrd SIGN ENG [ULTRA EXCLUSIVO]

Primeiro Guilty Gear a aparecer na “nova geração de consoles”, Guilty Gear Xrd —SIGN— marca uma volta às raízes da série. Na tentativa diferenciá-la de sua outra franquia de jogos de luta (BlazBlue), a Arc Systems Works abandonou os gráficos desenhados à mão e adotou uma versão modificada da Unreal Engine 3 combinada a texturas com o efeito cell shading.

O resultado dessa decisão é um game que, embora mantenha um estilo visual semelhante aos seus antecessores, é diferente o suficiente nesse e em outros sentidos para parecer uma verdadeira sequência. Apresentando uma seleção de personagens ligeiramente reduzida em relação ao passado (com direito à inclusão de novas caras), o novo capítulo é uma base sólida sobre a qual a série pode se apoiar para retomar seus dias de glória.

Game renovado

O aspecto que mais chama atenção no novo Guilty Gear é seu visual totalmente renovado. Embora o título utilize a Unreal Engine, o efeito cell-shading aplicado pela Arc System Works faz o jogador esquecer que está lidando com personagens e cenários tridimensionais.

Além da técnica usada pelo estúdio, ajuda o fato de o universo do jogo ser preenchido por personagens com características bastante excêntricas e únicas. Apesar de Sol Badguy e Ky Kyske parecerem um tanto “genéricos” em alguns sentidos, figuras como Faust, I-No, Chipp e Venom possuem personalidade suficiente para impedir que você confunda essa com outra série de games de luta.

A Unreal Engine 3 permitiu que a Arc System Works deixasse de lado a sensação de “estagnação” vista nos últimos capítulos da franquia, cujo reaproveitamento de quadros de animação denotava certa “preguiça” por parte dos desenvolvedores. O motor gráfico também permitiu que o estúdio investisse em câmeras dinâmicas que se aproximam da ação em momentos-chave — efeito usado com parcimônia e que, justamente por isso, não se torna repetitivo.

Para completar, o título mantém a tradição da série de investir em uma trilha sonora de qualidade. Embora um tanto reduzida em relação à que foi oferecida no passado, a seleção de faixas constituída pelos mais puros hard rock e heavy metal dá um tom único às lutas e combina bastante com o ritmo agressivo de cada confronto.

Com personagens marcantes, um sistema de luta sólido e equilibrado e centenas de horas de conteúdo, Guilty Gear Xrd – SIGN – é um jogo que definitivamente não merece a repercussão discreta que seu lançamento causou. O game é um retorno triunfante da série e deve servir como base para a construção de sequências ainda mais completas e interessantes!

Requisitos Mínimos:
Processador: Intel Core i5 2.0 GHz   
Memória RAM: 2 GB
Chipset de vídeo: Nvidia GeForce GTX 560 | Radeon HD 7770
DirectX: Version 10
Sistemas Operacionais: Windows 7 | W8 | W10
Espaço: 10.4 GB livres em disco.

Portable GUILTY GEAR Xrd SIGN ENG:
Parte 1Download [3 GB]
Parte 2Download [3 GB]
Parte 3Download [3 GB]
Parte 4Download [1.4 GB]
"BAIXOU?GOSTOU?ENTÃO COMENTA,NÃO CUSTA NADA!"

Vamos manter a chama do compartilhamento acesa no GPB!
Faça sua Doação!

Imagens do Jogo:

ObsGame compativel com o Windows 7 / W8 / W10.
Caso o game nao execute de 1ª no W7,clique no link abaixo e confira a dica para executar o portable!
Dicas para os portables!

0 comentários :

Postar um comentário